segunda-feira, 29 de março de 2010

COMPORTA 28 MARÇO 2010

MANIFESTAÇÃO COMPORTA E CARVALHAL MARÇO 2010

Rendeiros do Carvalhal, freguesia de Carvalhal Concelho de Grândola, e da Comporta, freguesia de Comporta Concelho de Alcácer do Sal, que exercem a sua actividade na área da Herdade da Comporta, integrada no grupo Espírito Santo, que reivindicam a renovação dos seus contratos na opção de arrendamento rural, juntaram-se e, em mais de 50 veículos percorreram as estradas entre as duas freguesias e manifestaram-se junto a uma organização internacional de hipismo. Pretendem encontrar garantias para continuar a sua actividade agrícola, orizícola principalmente, que já foi dos seus pais, que já foi dos seus avós, naquelas terras, muito antes do grupo Espírito Santo existir. Estão preocupados com o futuro e com as suas famílias. E acreditam que o turismo é compatível com a continuidade da sua actividade. Vão continuar a lutar por isso e procuram o apoio das autarquias. ( ALVITRANDO)
È um sinal que as pessoas estão atentas!Como um exemplo que é o povo da nossa Terra tudo correu conforme previsto e as reivindicações entendidas por todos, Porque a Comporta é lugar de povo de Trabalho e sempre de gente a tabalhar na agricultura estas são as nossas raizes do nosso Povo, não podemos esquecer que está na origem da Comporta A AGRICULTURA E A PESCA, uma actividade também muito esquecida por quem de direito.

8 comentários:

Anónimo disse...

Rendeiros? Amigo, fazem renda?
Arrendatários!? Será isso que quer dizer? É que assim a imagem da nossa terra fica um bocadinho má...
Dizer não é bom, escrever é mais grave.
Não é para publicar, é uma ajudinha.
Cumprimentos

Anónimo disse...

rendeiro

s. m.
1. Fabricante ou vendedor de rendas.
2. Aquele que dá ou toma de arrendamento propriedades rústicas.
3. O que arremata ou cobra rendas.
prédio

s. m.
1. Fazenda, herdade, propriedade rústica ou urbana imóvel.

Anónimo disse...

Alvitrando,alvitrando, este texto e a foto são Alvitrando...

Anónimo disse...

O texto e a foto são do Alvitrando.

Anónimo disse...

Peço desculpa pelo erro.
Juridicamente utiliza-se o arrendatário. Na dúvida consultei apenas um dicionário, que remetia para a questão da renda.
Já consultei outros, e tem razão.
Erro meu, consultar só uma fonte!
Mais uma vez peço desculpa, a intensão era a melhor.

Fátima Penas disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Fátima Penas disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

INTENÇÃO = Certo

INTENSÃO = Errado